CRÍTICA | WIFI RALPH

A Disney começa 2019 com a sequência de uma das suas melhores animações atuais, mas infelizmente Wifi Ralph está longe de ser o que vimos no primeiro filme.

Na trama, Ralph e Vanellope precisam arriscar tudo ao viajar para a world wide web em busca de uma peça sobressalente para salvar o videogame de Vanellope, Corrida Doce. Sem saber no que se meteram, Ralph e Vanellope dependem dos cidadãos da Internet – os internautas – para auxiliar em sua navegação, incluindo uma empresária de website chamada Yesss, que é o algoritmo principal e o coração e alma do site que dita tendências “BuzzzTube”.

Wifi Ralph tem uma ideia interessante, mas infelizmente não consegue ser melhor que o seu antecessor por diversos momentos, entre eles os altos e baixos do roteiro que em certos momentos torna a trama desinteressante e exaustiva.

Por mais que leve o nome do Ralph, a nova aventura do grande vilão dia fliperamas é um filme bem “Girl Power”, além do grande destaque para a fofíssima Vanellope, shank, a nova personagem dublada por Gal Gadot, tem uma importância expressiva na trama.

Ainda no assunto Girl Power, as princesas Disney são, sem dúvidas, a melhor coisa do filme. As piadas internadas entre tudo o que elas passaram em seus filmes são debatidos de forma irônica com uma pitada de acidez quando o machismo vira foco do assunto. Mas não se engane, nem mesmo a Mérida é poupada do bullying, já que a personagem não foi criada dentro da Disney.

Como toda animação Disney, Wifi Ralph aborda um assunto importante. O assunto em questão é a amizade abusiva e como ela pode prejudicar o desenvolvimento pessoal do oprimido, mesmo que o opressor acredite estar ajudando o seu amigo. Por mais interessante que seja o assunto debatido na trama, ele acaba destruindo tudo o que foi construído em Detona Ralph, já que o foco do primeiro filme era exatamente o oposto.

Wifi Ralph possui uma overdose de referências da internet, todas elas abordadas de formas divertidas, são exatamente esse pontos – além das princesas – que salvam o filme de um verdadeiro fracasso.

Para finalizar! Wifi Ralph é uma animação morna com boas referências que esconde o fraco desenvolvimento do protagonista, atrás da fofura da Vanellope. Um início fraco para um ano que promete ser grandioso para a Disney.

3

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*